TIPOS DE RESTAURANTES PARA INVESTIR EM 2022

Não perca as oportunidades e as novidades que o mercado da alimentação tem para oferecer.

TIPOS DE RESTAURANTES PARA INVESTIR EM 2022

Não há como negar que a tecnologia entrou de vez para o ramo da alimentação nos últimos anos. E essa é uma tendência que não deve cessar.

O alto investimento em empresas do setor de tecnologia acabou pulverizando a atividade e a facilidade, gerando uma mudança cultural na forma como as pessoas compram, pedem e consomem comida.

A digitalização dos processos aconteceu de forma rápida e até o público mais tradicional já aderiu a esses novo método.

Com isso, tipos de restaurantes que têm processos mais automatizados caíram no gosto de empreendedores diversos, visando atender a demanda desse novo público de tem sede de praticidade.

Mas, hoje e nos próximos anos ser apenas tecnológico e prático não será o bastante. Esse novo público está cada vez mais exigente e procura marcas e empresas que somam ao um estilo de vida mais saudável e também sustentável.

Segundo pesquisa do Sebrae-SP em parceria com o Banco Mundial, 56% das empresas investiram em meios digitais para continuar faturando na pandemia.

E o segmento da alimentação foi um dos que mais se transformou nos últimos anos.

“Os meios digitais cresceram com muito mais força, não só no processo de divulgação, mas também se firmaram como canais de venda."
Fonte: Revista PEGN Digital

Conheça aqui os tipos de restaurantes e as tendências digitais e tecnológicas que fazem parte do gosto cultural desses novos clientes.

Os tipos de restaurantes mais rentáveis para investir nesse ano


Com o avanço das vacinas em todo o país, e no mundo, as pessoas estão mais à vontade para saírem às ruas e tomar horas de relaxamento e até se divertirem em seus bares e restaurantes favoritos.

Por isso, uma das grandes tendências do mercado da alimentação é proporcionar um boa experiência aos seus clientes.

Veja 2o maneiras de fazer os clientes mais felizes no seu restaurante.

A tendência é que esse número cresça de forma gradual, aumentando o número de vendas presencias. Mas, a segurança é uma das principais avaliações desse público que volta às ruas.

E enquanto o mercado espera esse retorno, novos canais de venda, modelos de negócios, cardápios diversificados e gestão mais acurada e simplificada de recursos ditam as regras do jogo para os empreendedores de 2022.

1. Cozinhas compartilhadas ou Dark Kitchens

As Dark Kitchens são tipos de restaurantes com atendimento exclusivo no delivery. Algumas ainda se abrem para o atendimento presencial, mas apenas no modelo Take Away para a retirada de alimentos, outro tipo que detalharemos mais no tópico x desse texto.

Essa é uma opção que está crescendo muito, por não haver a necessidade de se investir tanto em um local físico ou estrutura de salão de atendimento.

Se esse é um dos tipos de restaurantes que chamam a sua atenção, para iniciar o seu negócio você irá precisar de uma cozinha, cozinheiros, um produto e um contrato com um aplicativo de entrega terceirizado como Uber Eats, Rappi ou iFood.

Ou, ter o seu delivery próprio!

O empreendedor que opta por esse tipo de restaurante, aluga um espaço com cozinha estruturada e estoque, e que atende vários outros restaurantes nesse mesmo modelo.

Como as Dark Kitchens não dependem de localização, podem funcionar até de casa, o que reduz muito os custos de aluguel e da operação do seu negócio.

E por não ter uma fachada, ou um local em que as pessoas passam na porta e reconhecem a sua marca ou se interessam pelo seu produto, a divulgação se apoia no mundo digital e nas redes sociais.

Quer saber mais como anunciar seu restaurante de forma correta? Baixe agora o e-Book Marketing Digital para restaurantes: aumente suas vendas.

2. Franquias ou redes de restaurantes

Com a economia não tão estável, a aposta da vez se volta para as franquias de restaurante.

Esse é um modelo em que empreendedores, principalmente da área da alimentação, enxergam grandes oportunidades para lucrar ainda mais em um novo negócio. Porque as franqueadoras se colocam à disposição para ajudar na evolução e crescimento do estabelecimento.

Franquias são tipos de restaurantes que também apoiam suas atividades na tecnologia para facilitar a gestão das demandas, atividades e operação da rede como um todo.

E com um sistema de gestão inteligente e eficiente, é possível gerenciar uma rede de franquias, acompanhar o dia a dia das vendas e ainda pensar em ações futuras para o desenvolvimento do plano de negócios.

O que se espera para qualquer empresa é que ela cresça! E nada melhor que transformar o seu restaurante, hamburgueria, sorveteria ou doceria em uma rede ou franquia. Já pensou nisso?

É muito mais facilidade para atender os clientes e mais locais de distribuição para os seus produtos.

Para isso, conte com a equipe de especialistas em franquias da Yooga, preparada para implantar o sistema com tudo que você precisa e realizar o acompanhamento necessário para alavancar as suas vendas e a iniciar a sua expansão.

3. Refeições ao ar livre e Food Trucks

Como falamos no início, a mudança cultural desses novos consumidores também está relacionada à procura desse público por mais segurança. E isso está intimamente ligado ao gosto deles por locais que ofereçam refeições ao ar livre.

Além disso, o nosso clima tropical é extremamente propício para o atendimento em ambiente aberto, e esse pode ser o seu diferencial para atrair clientes o ano inteiro.

Muitos empresários viram a possibilidade de empreender e expandir seus negócios ou abrir um primeiro restaurante num modelo diferente, itinerante, sem a necessidade de adquirir ponto comercial ou outros encargos da estrutura.

Esses tipos de restaurantes são conhecidos como Food Trucks, e você com certeza já parou em algum para deliciar um churrasco, comida mexicana, hambúrguer gourmet, ou uma cerveja artesanal.

Eles dão opções de alimentação rápida, na maior parte das vezes saudável, barata e até a possibilidade de uma experiência gastronômica fora do seu estado ou país, com comidas típicas e regionais.

Usar sites de busca e o compartilhamento da sua localização pelas redes sociais são boas ferramentas para impulsionar esses tipos de restaurantes. Mas, a chave do sucesso está na constante inovação dos pratos ofertados para que sejam sempre um atrativo aos olhos dos consumidores.

Uma forte tendência dos Food Trucks é a de ter o veículo para atrair e acessar novos públicos e novas localidades, como um complemento das atividades do seu restaurante fixo.

Nesse caso, o pré-preparo dos pratos e produtos é feito na cozinha de um restaurante tradicional, deixando a finalização e distribuição no Food Truck. Dessa forma é possível atender com mais rapidez o público desse tipo de restaurante, sem deixar de lado toda a experiência e qualidade que eles teriam de uma refeição no local fixo.

E essa também é uma oportunidade para você ganhar duplamente de também tem um restaurante fixo, você divulga os seus produtos com a unidade móvel e convida esses clientes para conhecer muito mais.

Em algumas cidades também é possível ver Food Trucks reunidos em um local determinado para oferecer diferentes opções de comida em dias específicos da semana. As ações acontecem em praças de grande movimento, condomínios fechados ou mesmo em eventos municipais.

4. Tipos de restaurantes no modelo Take Away

O Take Away é a melhor alternativa para quem quer iniciar um pequeno negócio, sem grandes custos.

Esse é um dos tipos de restaurantes que se fortaleceu em 2020 e continuará em alta muitos outros anos para frente.

Segue o modelo de retirada no local, onde o cliente faz o pedido através de um cardápio digital, telefone ou WhatsApp, e a retirada do produto é feita, normalmente, em um balcão específico.

A estrutura de atendimento pode ser similar a um Food Truck ou Dark Kitchen e a operação é bem parecida com um restaurante delivery, onde a comida é consumida em outro local.

Alguns segmentos como doces, bolos, cafés, pipocas gourmet, lanches ou cachorros-quentes dão muito bem para esse tipo de restaurante, com atendimento em um modelo de Food Bike. Que, diga-se de passagem, é extremamente atrativo em parques.

A produção não acontece no local, tendo a necessidade de um espaço físico fixo para a cozinha, e que pode ser a da sua própria casa.

Por não disponibilizar de salão ou acomodações para o consumo dos produtos no loca, é necessário investir em embalagens de viagens, separação dos produtos e correta rotulagem. Assim tudo fica muito bem organizado e sem erros na hora da entrega.

Como a ideia é que o cliente vá até o local para retirar a comida, esse serviço sai mais em conta para o dono no negócio, já que não precisa de motoboys.

Porém, é preciso que o preparo seja mais rápido que o do delivery, já que o cliente está no local aguardando o seu pedido. Ou combinar horários para a retirada dos produtos no momento de fechar o pedido.

O Take Away pode agregar muito também ao seu restaurante fixo, Dark Kitchen ou delivery, sendo mais um canal de venda para o seu negócio: a retirada no local.

E é uma opção muito vantajosa para os seus clientes, que não precisam esperar em filas e nem se preocuparem com o valor da taxa de entrega.

Então, se você já trabalha com a opção de delivery, mas ainda não oferece o Take Away em seu bar ou restaurante, está aqui mais uma oportunidade para aumentar as suas vendas!.

5. Restaurante Delivery

A percepção de comodidade ficou ainda mais evidente nesses últimos anos, com o delivery. E a quantidade de opções disponíveis para os clientes também cresceu muito, concorrendo ainda mais com o consumo em salão ou local fixo.

O pedido da comida é feito remotamente, por aplicativos, mensagens no WhatsApp ou telefone, e a entrega é feita por motoboys ou ciclistas até o local em que o seu cliente solicita.

E assim como no Take Away, os tipos de restaurantes de delivery precisam de embalagens próprias para viagem. Ainda, de uma pessoa responsável para a separação e rotulagem de produtos, evitando confusão na hora de repassar o pedido para os entregadores e também na entrega para o cliente.

Seus clientes efetuam o pagamento tanto no próprio aplicativo, quanto no ato da entrega. Lembrando que, os aplicativos de entrega podem ser terceirizados - os marketplaces como iFood, Rappi e outros - ou você pode ter um delivery próprio para o seu restaurante.

Conheça o Delivery Próprio da Yooga, com gerenciador de pedidos, integração com marketplaces, cardápio digital personalizado, pagamento on-line e muito mais!

O delivery é uma maneira bem interessante de ampliar a região que seu negócio atende e conquistar clientes espalhados pela cidade que, antes, estariam restritos próximos a seu local.

  • Drinks no delivery acompanhado de petiscos

A gente sabe que beber é bom petiscando algo, certo?

Por isso bares sempre oferecendo petiscos para acompanhar um drink ou uma bebida alcoólica que os clientes pedem.

Mas, você sabia que essa agora é uma tendência do delivery de bares modernos?

Seus drinks autorais levam embalagens exclusivas e são harmonizados com petiscos específicos, para que o cliente tenha a melhor experiência com o produto e no aconchego de casa.

Em alguns casos, o bar envia todo o modo de preparo ou como deve conservar a bebida antes e depois de abrir.

Se a gente já falou aqui em oferecer a melhor experiência aos seus clientes, pode ter certeza que esses tipos de restaurantes e bares estão com muitos pontos à frente da concorrência e são a primeira pedida de seus clientes.

Já pensou como seria interessante você oferecer um happy hour diretamente na casa dos seus clientes? Então coloque esse item como algo possível e nas prioridades para adaptar a sua operação a esse tipo de atendimento.

Se Maomé não vai até o bar, o bar vai até Maomé... podemos assim dizer!

Você pode começar programando um cardápio próprio para o delivery, com as possibilidades de drinks engarrafados ou com ingredientes separados e de fácil preparo, e os petiscos para harmonizar com essas bebidas.

Basta enviar o link do cardápio ou deixar ele acessível nas suas redes sociais para os seus clientes realizarem o pedido onde estiverem. Depois é só de preocupar com a logística e taxa de entrega.

O que pode ajudar muito nesse momento, é ter uma solução de agrupamento de pedidos para o seu delivery. Com ela você facilmente monta a rota de entrega para os seus entregadores, podendo imprimir ou gerar o trecho diretamente no Google Maps, e o pedido chega com muito mais rapidez para os seus clientes.

Essas são praticidades e facilidades que só um sistema de gestão como a Yooga podem te oferecer.

Quer saber mais? Teste agora mesmo no seu estabelecimento.